Três dias para o Enem 2017: não deixe de visitar o local de provas

0
127

Deixar para conhecer o local de prova no dia do exame pode ser arriscado. Como o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) será aplicado em dois domingos, 5 e 12 de novembro, é preciso prever possíveis imprevistos que vão desde interdições por conta de eventos nas redondezas dos locais de prova até a diminuição da oferta de ônibus por não ser dia útil.

Os candidatos foram alocados de acordo com o endereço residencial indicado no ato da inscrição. A recomendação é para que os estudantes façam uma visita ao local de provas com antecedência, para conhecer o trajeto até lá e evitar imprevistos que provoquem atrasos. Os portões serão fechados às 13h (horário oficial de Brasília), e quem não chegar antes perderá o Enem.

Veja dicas para planejar o melhor trajeto de sua casa até o Enem:

De carro: Usar os aplicativos de trânsito ajuda a calcular o tempo necessário para chegar ao local de provas. É possível fazer esse cálculo em vários horários do dia e entender quanto tempo a mais é necessário para fazer o caminho nos horários de pico. Apesar de, durante o fim de semana, o trânsito seja mais tranquilo, se houver muitas pessoas indo para o mesmo local de provas antes do Enem, há o risco de engarrafamentos nas ruas do entorno.

Estacionamento: Quem for dirigindo até o Enem também tem um problema extra: o de encontrar lugar para estacionar o carro. Por isso, uma visita com antecedência é útil para saber se existem vagas nas ruas do entorno ou opções de estacionamentos privados, e evita que essa busca seja feita só no dia das provas, o que pode gerar atrasos.

De transporte público: Vários sistemas operacionais também têm opções de aplicativos que mostram os melhores trajetos de transporte público para ir até um local de prova do Enem. Vale lembrar, porém, que, durante os fins de semana, a oferta de ônibus diminui, e o tempo de parada dos trens aumenta. Alguns apps permitem fazer uma simulação do tempo de trajeto em diferentes dias da semana. Por isso, vale fazer esses cálculos e conhecer em detalhes as rotas dos ônibus, os locais dos pontos de subida e descida e o tempo de caminhada até o local de provas.

De bicicleta ou a pé: Quem decidir ir por conta própria para fazer o Enem deve verificar qual é o caminho mais curto e mais seguro. No caso dos ciclistas, é preciso saber de antemão onde deixar a bicicleta. Nos dois casos, também é preciso lembrar que, caso a distância seja muito grande, existe o risco de chegar até a prova sentindo muito cansaço ou fome e, assim, ter que lidar com essas distrações durante o Enem.

(G1 PR)

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA