Preso em Cascavel acusado de homicídio no domingo de Páscoa em Pato Branco

0
904

Uma equipe da Rotam do 3º BPM de Pato Branco estava prestando apoio operacional nesta terça-feira, em Cascavel, onde foram queimados vários ônibus, quando tentaram abordar um Golf, cor prata, mas o condutor empreendeu fuga e dispensou uma pistola calibre ponto 40. Na sequência, os policiais abordaram os suspeitos, dois menores, um de 16 anos e outro de 17, acusados em Pato Branco de um homicídio e um arrombamento no Posto Bom Retiro, respectivamente.

O tenente Guido Benjamin dos Santos Filho, chefe do Serviço Reservado (P2) do 3º BPM, informou que o adolescente de 16 anos confessou a autoria do homicídio ocorrido domingo de Páscoa no bairro Alvorada, em Pato Branco, quando Douglas Dutra Dala Lasta, 20 anos, foi executado com cerca de seis tiros no abdômen e na cabeça. O menor revelou a Polícia Militar onde estava escondido o revólver calibre 38 utilizado no homicídio, que foi localizado em uma residência no bairro Novo Horizonte, juntamente com um rádio de comunicação na frequência da PM. O adolescente alega que praticou o crime porque tinha sido ameaçado por Douglas.

O delegado-adjunto da 5ª SDP (Subdivisão Policial), Alexander Meurer, disse que já foi solicitado o pedido de apreensão do adolescente acusado do homicídio, que seria ouvido e encaminhado ao Cense (Centro de Socioeducação). O delegado informou que o internamento provisório no Cense é de 45 dias, mas dependendo da Justiça o adolescente deverá permanecer no local por cerca de três anos.

 

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA